A Vida e o jogo




"Quando a criança cresceu e abandonou os seus jogos, quando durante anos se esforçou psíquicamente por agarrar as realidades da vida com a seriedade desejada, pode acontecer que um dia se encontre de novo numa disposição psíquica que volta a apagar esta oposição entre o jogo e a realidade. O homem adulto lembra-se da grande seriedade com que se entregava aos jogos infantis e acaba por comparar as suas ocupações por assim dizer graves com esses jogos dos tempos da infância: liberta-se então da opressão demasiado pesada da vida e conquista a fruição superior do humor."  
Sigmund Freud, in 'Ensaios de Psicanálise Aplicada'




Sê como um canal para a Vida


Créditos fotográficos: Kyle Thompson Photography


Deixa-te envolver pela Vida. Deixa-te trespassar. Não ofereças resistência. Não reajas... Age. Abraça aquilo com que te deparas, pois é um espelho onde te podes conhecer. Abandona as etiquetas mentais "bom" e "mau". Vê as coisas como são. Sem polaridades. Aceita-as. Abraça-as. Vive-as. Hoje e todos os dias. Vive intensamente dentro de todas as coisas. Sê como um filamento de lâmpada, por onde a corrente eléctrica da Vida passa e incandesce, espalhando Luz para os demais. 


O fruto da leitura




"Os leitores extraem dos livros, consoante o seu carácter, a exemplo da abelha ou da aranha que, do suco das flores retiram, uma o mel, a outra o veneno." 
Friedrich Wilhelm Nietzsche