Sobre FOTOsophia





FOTOsophia é um projecto que pretende aliar a fotografia à filosofia, juntando a imagem ao pensamento, à reflexão e à linguagem. Cada fotografia é em si mesma um símbolo capaz de transportar o observador ao mundo induzido pelo pensamento que lhe corresponde - tendo este um papel semelhante a um mantra (som, palavra ou frase usada em exercícios orientais de concentração e meditação, entre outros) – e sobre o qual o observador pode reflectir e apreender esse mesmo ensinamento.

FOTOsophia tem como objectivo apresentar um trabalho fotográfico ao público e simultaneamente desmistificar a filosofia, destacando-a da sua actual e errónea conotação de disciplina complexa, mais teórica do que prática, e acessível apenas a alguns eruditos. Pretende-se divulgar a filosofia como componente natural a cada instante da vida do ser humano, e sempre presente na medida em que observamos atentamente o nosso entorno assim como a nós mesmos, resgatando assim o seu sentido prático e de raiz de todo o conhecimento e vivência humanas. É pretendido estimular no observador a capacidade de desvendar e apreender nos pormenores do seu próprio dia-a-dia os ensinamentos que estes encerram e permitir, pela prática dos mesmos, que o observador possa daí retirar uma mais-valia para o seu desenvolvimento pessoal.



Colecção Sri Ram

O autor dos textos escolhidos para a colecção denominada Sri Ram, foi Nilakanthan Sri Ram. Filósofo e teósofo, foi professor na Sociedade Teosófica em Adyar na India, assumindo mais tarde o cargo de presidente da mesma, tendo também sido ainda editor assistente das publicações da sociedade. Sri Ram foi professor na Besant Theosophical College em Madanapalle, na National School em Bangalore e na National University of India em Chennai. Esta colecção centra-se numa das suas obras: Pensamentos para aspirantes ao caminho espiritual que abarca diversos temas da realidade humana, tais como a liberdade, a verdade, a beleza, o amor, a paz, a fraternidade, a arte de viver, entre outros, traduzindo-os numa escrita simples, directa e acessível ao entendimento geral e num formato de máximas.